publicidade
Pagamento do abono para nascidos em agosto começa na próxima semana
Segundo Ministério da Economia, 23,6 milhões de trabalhadores têm direito ao benefício
Pagamento do abono para nascidos em agosto começa na próxima semana
EXTRA - Abono do PIS/Pasep vai injetar R$ 19,3 bilhões na economia (Foto: Divulgação)
A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil iniciaram, no dia 25 de julho, o pagamento do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) e do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) 2019/2020, ano-base 2018. O cronograma de pagamento se estende até o dia 30 de junho de 2020, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Governo Federal, que, segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Economia, estima o pagamento de R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de pessoas.
Para trabalhadores da iniciativa privada vinculados ao PIS o calendário considera o mês de nascimento; já os servidores públicos vinculados ao Pasep recebem de acordo com o final do número de inscrição. Na primeira etapa do pagamento, iniciada no último dia 25, o abono do PIS foi liberado para os nascidos em julho; já o saque do abono do Pasep foi aberto para quem tem o número de inscrição terminado em 0. A partir da próxima quinta-feira (15), recebem o benefício os trabalhadores nascidos em agosto e os servidores com número de inscrição terminado em 1.
O saque do abono do PIS e do Pasep pode ser feito diretamente nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, mediante apresentação de um documento de identificação e o número de inscrição nos devidos programas. No caso do PIS, também é possível efetuar o saque em terminais de autoatendimento, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui utilizando o Cartão do Cidadão e senha ativa.
QUEM TEM DIREITO?
Para receber o benefício é preciso estar inscrito no PIS ou no Pasep há pelo menos cinco anos, ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2018 e ter recebido, em média, até dois salários mínimos por mês. Também é preciso que o empregador tenha informado corretamente os dados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Desde 2016 o abono é pago de acordo com o número de meses trabalhados. Dessa maneira, apenas quem permaneceu empregado o ano todo em 2018 tem direito ao valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 998). 
Trabalhadores cadastrados no PIS podem consultar se têm direito ao benefício e obter outras informações no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br/pis), pelo aplicativo Caixa Trabalhador ou pelo telefone 0800-726-0207. Servidores públicos ligados ao Pasep devem acessar o site do Banco do Brasil (www.bb.com.br/pasep) ou entrar em contato com a Central de Atendimento pelo telefone 0800 729 0001.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia