publicidade
Prefeitura de Macatuba vai reativar Casa do Artesão
Espaço vai funcionar no Terminal Rodoviário e será custeado integralmente pelo município
Prefeitura de Macatuba vai reativar Casa do Artesão
ENCONTRO - Primeira reunião para discutir o projeto aconteceu no último dia 23 de julho, no Teatro Municipal (Foto: Divulgação)
A Prefeitura Municipal de Macatuba deu o primeiro passo para reativar a Casa do Artesão. Em reunião realizada no último dia 23 de julho, no Teatro Municipal Renata Lycia dos Santo Ludovico, a secretária de Cultura e Esporte, Lara Cardoso Mariano Pereira, explicou aos artesãos que participaram do encontro quais as diretivas da proposta.
“A Prefeitura vai disponibilizar uma sala para a Casa do Artesão e vai custear as despesas com água, energia e limpeza. O artesão não vai ter despesa alguma e cada peça que vender vai receber integralmente. O objetivo do prefeito Marcos Olivatto é fomentar a economia informal e valorizar os artesãos macatubenses”, explicou a secretária de Cultura e Esporte.
A sala onde será instalada a Casa do Artesão fica no Terminal Rodoviário Fernando Valezi Filho, onde hoje está o PIT (Posto Integrado de Turismo). A Secretaria de Cultura vai fazer uma pintura geral, criar a identidade visual e montar o espaço com mobiliário, decoração, telefone, além de custear as despesas com água, energia e limpeza.
Uma nova reunião, agendada para a terça-feira (6), às 19h, no Salão Nobre do Paço Municipal, vai apresentar a identidade visual e o modelo de contrato que será celebrado entre os artesãos e a Prefeitura. A previsão é de que a Casa do Artesão seja inaugurada em setembro deste ano.
Os artesãos interessados em participar deste projeto podem participar da próxima reunião ou buscar outras informações no Centro Cultural Orlando Bozan, que fica atrás do Teatro. O telefone para outras informações é o (14) 3268-1821.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia