Saúde de Lençóis abre vacinação da gripe para todos os interessados
Campanha foi encerrada no dia 31 de maio com cobertura de 83,66% na cidade, abaixo da meta
Saúde de Lençóis abre vacinação da gripe para todos os interessados
ABERTA - Quem desejar tomar a vacina da gripe pode se dirigir a qualquer unidade de saúde; aplicação segue até o fim dos estoques (Foto: Divulgação)
Após encerrar a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza com o índice de cobertura entre os grupos prioritários abaixo da meta de 90% estipulada pelo Ministério da Saúde, Lençóis Paulista liberou a vacina para todas as pessoas interessadas. Segundo a Secretaria de Saúde do município, a aplicação das doses será feita até que os estoques sejam zerados em todas as unidades de saúde, que seguem atendendo o público de acordo com o horário habitual de funcionamento, que varia de local para local.
Segundo o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE), até o dia 31 de maio, encerramento da Campanha Nacional, foram imunizadas 21.210 pessoas dos grupos prioritários - crianças de seis meses a seis anos incompletos, gestantes, puérperas, profissionais de saúde, idosos, indígenas, pessoas com comorbidades (hipertensos, diabéticos, obesos e portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais), professores, policiais e pessoas cumprindo pena em unidades prisionais ou instituições socioeducativas -, o que representa 83,66% de cobertura para um total de 25.352 pessoas.
De acordo com os dados divulgados, apenas quatro grupos conseguiram superar a meta. O grupo com maior cobertura foi o de professores, que tinha 408 pessoas cadastradas e recebeu 577 vacinas, o que revela 141,42% de imunização. Entre as puérperas a cobertura foi de 105,21%, com 101 doses aplicadas para um grupo de 96 mulheres acompanhadas. O grupo de idosos, imunizou 6.743 das 6.749 pessoas cadastradas no sistema do Cartão do Cidadão municipal, o que representa (99,91%) de cobertura. Entre os trabalhadores da saúde, a cobertura foi de 94,60%, com 1.069 vacinas para um grupo de 1.130 pessoas.
Entre os grupos que ficaram abaixo da meta de vacinação, o menor índice de cobertura segue entre as pessoas com comorbidades. O grupo registrou a vacinação de apenas 71,47% das pessoas pretendidas, com 8.535 vacinas para um universo de 11.942 cadastros no sistema da Secretaria de Saúde. Entre as crianças, foram aplicadas 3.639 doses para um grupo de 4.446 pessoas, o que indica cobertura de 81,85%. Já no grupo das gestantes a imunização atingiu 88,12%, com a vacinação de 512 das 581 mulheres que fazem acompanhamento.
Segundo a Secretaria de Saúde, apesar da abertura da vacinação para toda a população, o principal objetivo ainda é atingir a meta de imunização de pelo menos 90% nos grupos que ainda estão com a adesão abaixo da esperada. Todas as pessoas que desejarem tomar a vacina podem se dirigir às UBS (Unidades Básicas de Saúde) e ESF (Estratégias de Saúde da Família), que seguem aplicando a vacina nos horários habituais de atendimento até que os estoques sejam zerados. A vacina contra a gripe aplicada na rede pública é trivalente, ou seja, protege contra os três principais vírus: influenza A H1N1; influenza A H3N2 e influenza B.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia