publicidade
Suspeito de vender droga para jovem que morreu em Bauru é solto
Outros dois jovens envolvidos no caso também foram soltos e todos respondem ao processo em liberdade
Suspeito de vender droga para jovem que morreu em Bauru é solto
APREENSÃO - Na ação, policiais apreenderam maconha e LSD (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
O suspeito de vender drogas para um jovem que morreu após cair da sacada do 7º andar de um prédio em Bauru foi solto após uma audiência de custódia realizada neste domingo (2). O jovem de 21 anos havia sido preso em Lençóis Paulista, após um casal que estava na companhia da vítima fazer a denúncia da compra dos entorpecentes.
Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na madrugada do sábado (1) pela Polícia Militar de Bauru, por volta das 4h, uma equipe foi acionada para atender a uma ocorrência em um edifício na Rua Francisco Rodrigues Borges, na Vila Engler, próximo à Universidade do Sagrado Coração (USC).
Chegando ao local, o porteiro do residencial informou que por volta das 3h45 o morador F.A.A.C., de 19 anos, chegou à portaria informando que seu colega havia caído da sacada do 7º andar de seu apartamento. O porteiro foi até o local e constatou que havia um jovem no chão, quando acionou a polícia.
Os policiais contataram o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que fez os primeiros socorros e encaminhou o jovem P.A.B.B., de 20 anos, natural de Bauru, ao Pronto Socorro Central daquela cidade, contudo, ao dar entrada na unidade de saúde, o jovem veio a óbito.
Após o ocorrido, os policiais interrogaram F.A.A.C., que aparentava estar sob o efeito de drogas e declarou que, por volta das 22h, veio com a vítima a Lençóis Paulista, onde haviam encomendado ecstasy, LSD e maconha de um rapaz de nome L.G.F. Disse ainda que os dois retornaram ao apartamento para consumir as drogas, quando o colega subiu em uma banqueta na sacada e caiu.
Os policiais de Bauru analisaram o histórico da conversa em um aplicativo de celular e se dirigiram até Lençóis Paulista e, com a ajuda de policiais locais, foram até a residência de L.G.F., de 21 anos, onde o mesmo foi detido tentando deixar o local. Revistado pela equipe o suspeito foi flagrado com 28 invólucros de maconha, 11 micropontos de LSD e R$ 82 em espécie.
Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas. No caminho para a Delegacia de Bauru, os policiais descobriram que uma jovem, I.O.A., de 19 anos, namorada de F.A.A.C. realizou uma ligação para o celular de L.G.F. a fim de alertá-lo de que a polícia iria em sua casa. As partes então foram conduzidas à DP de Bauru, onde o delegado de plantão do município, após tomar conhecimento dos fatos, autuou os jovens por associação ao tráfico.
Na tarde do domingo (2), após uma audiência de custódia no Fórum de Bauru, o lençoense suspeito de vender drogas para o jovem que morreu após consumir o entorpecente e cair da sacada, bem como o casal de amigos da vítima foram soltos. Os três irão responder ao processo em liberdade.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia