publicidade
CDHU realiza sorteio de casas de Alfredo Guedes na terça-feira
Na mesma data, famílias que serão retiradas de área de risco da Vila Contente vão conhecer seus futuros endereços no Ibaté
CDHU realiza sorteio de casas de Alfredo Guedes na terça-feira
DIVIDIDO - Casas de Alfredo Guedes serão destinadas a moradores do distrito e suplentes de lista da CDHU (Foto: Divulgação)
A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) realiza na próxima terça-feira (4), o sorteio das casas de Alfredo Guedes e o sorteio dos endereços das casas do prolongamento do Jardim Ibaté, que serão destinadas às famílias afetadas pela enchente de 2016, cujas casas serão desapropriadas pela Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista e demolidas por estarem em área de risco. O sorteio vai acontecer no Ginásio Municipal de Esportes Antônio Lorenzetti Filho (Tonicão), em dois horários. Às 10h30, serão sorteados os endereços das casas destinadas às famílias da Vila Contente. Às 14h, acontece o sorteio das casas de Alfredo Guedes.
Para o caso de Alfredo Guedes o sorteio será realizado segundo os critérios definidos pela CDHU: das 33 casas, 17 serão destinadas às famílias que moram ou residem no distrito, sendo que 16 serão sorteadas entre as 67 famílias que se inscreveram e uma será entregue a um morador que reside em área de risco. As outras 16 casas serão distribuídas a suplentes do último sorteio feito pela CDHU, em 2016. É importante frisar que nesse caso não haverá sorteio, apenas análise de documentação respeitando a ordem da lista composta por 64 suplentes. Quem não comparecer ou tiver algum problema na análise da documentação será excluído.
VILA CONTENTE
O procedimento da distribuição das 39 casas em construção ao lado do Jardim Ibaté será um pouco diferente. A Prefeitura Municipal conseguiu um acordo com as famílias que residem em áreas consideradas de risco na Vila Contente para a desapropriação dos imóveis e posterior demolição. Em contrapartida, o prefeito Anderson Prado (PSB) negociou com a CDHU para que as referidas casas fossem destinadas a essas famílias. Dessa maneira será feito apenas o sorteio dos endereços das 39 casas, ou seja, a definição de onde cada uma das famílias que se enquadraram nos critérios vai morar.
O próximo passo será iniciar o processo de desapropriação das atuais casas dessas famílias na Vila Contente e programar a demolição dos imóveis. Isso precisa acontecer antes da assinatura definitiva do contrato entre o morador e a CDHU, porque, segundo as regras da companhia, ele não pode ter nenhum imóvel em seu nome para receber a nova casa. Essas 39 famílias também vão receber como indenização pelas suas antigas casas um terreno e mais R$ 10 mil. Esse dinheiro, inclusive, poderá ser usado em benfeitorias na nova casa do Jardim Ibaté ou da forma que o morador desejar.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia