publicidade
Dados revelam que Lençóis tem apenas 43% de cobertura contra a gripe
Na semana passada, números indicavam 55%; divergência se deve à inclusão de novos grupos ao público-alvo
Dados revelam que Lençóis tem apenas 43% de cobertura contra a gripe
DIA D DE MOBILIZAÇÃO - Unidades de Saúde fizeram plantão de vacinação contra a gripe no último sábado (4) (Foto: Divulgação)
A cobertura vacinal contra a gripe em Lençóis Paulista ainda está bem distante da meta de 90% de imunização estipulada pelo Ministério da Saúde. Uma atualização dos dados referentes ao público-alvo da campanha nacional iniciada no dia 10 de abril, que incluiu na meta novos grupos prioritários, como pessoas com comorbidades, professores e policiais, indica que a cidade vacinou apenas 43,06% das pessoas pretendidas. Antes da alteração, mesmo sem a contabilização das doses aplicadas durante o Dia D de Mobilização, realizado no último sábado (4), a cobertura estava em 55%.
Segundo dados divulgados pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) da Secretaria de Saúde do município, com a inclusão dos novos grupos (pessoas com comorbidades, professores e policiais), o público-alvo da campanha subiu de 13.002 para 24.944 pessoas. Até o momento, incluindo cerca de 3,6 mil doses aplicadas no último sábado (4), durante o Dia D de Mobilização, foram vacinadas 10.742 pessoas, o que representa 43,06% de cobertura vacinal contra a influenza.
Proporcionalmente, o grupo prioritário com maior cobertura vacinal é o de trabalhadores da área da saúde, que atingiu 80,27% de imunização, vacinando 907 das 1.130 pessoas cadastradas. O pior índice é do grupo de pessoas com comorbidades (hipertensos, diabéticos, obesos e portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais), que registra apenas 17,96% de cobertura, com 2.145 doses aplicadas para um universo de 11.942 pessoas.
Ainda de acordo com as informações, outros grupos também estão com a cobertura mais próxima da meta de 90% de cobertura, com destaque para as puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias), com 73,96% de cobertura (71 vacinas para um grupo de 96 pessoas); gestantes, com 66,61% (387 vacinas para um grupo de 581 pessoas); crianças de seis meses a seis anos incompletos, com 64,69% (2.876 vacinas para um grupo de 4.446 pessoas); e idosos, com 64,29% (4.339 vacinas para um grupo de 6.749 pessoas).
Restando pouco mais de três semanas para a finalização da campanha nacional, que vai até o dia 31 deste mês, Ricardo Conti Barbeiro, secretário de Saúde da Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista, destaca a importância da imunização e orienta que as pessoas que integram os grupos prioritários compareçam às Unidades de Saúde para a vacinação. Segundo ele, caso haja necessidade, um segundo Dia D de mobilização pode ser realizado na reta final da campanha.
“Pedimos que as pessoas compareçam para se vacinar, porque atingir a meta de cobertura desse público-alvo - que é mais suscetível à infecção pelos vírus da gripe - é muito importante para evitar que a gripe seja um problema em nossa cidade. Todas as Unidades de Saúde seguem atendendo a população até o final do mês, durante todo o dia. Vamos continuar acompanhando os números para estudar a possibilidade da realização de um novo Dia D ou outro tipo de ação, inclusive porta a porta”, esclarece o secretário.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia