CDHU realiza inscrições para casas populares de Alfredo Guedes
Depois de agendamento, inscrições para as 33 casas populares acontecem na quinta-feira (25); veja link do edital completo
CDHU realiza inscrições para casas populares de Alfredo Guedes
SORTEIO - 77 famílias de Alfredo Guedes e suplentes do Lençóis Paulista D devem comparecer às inscrições das 33 casas (Foto: Divulgação)
A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), órgão do Governo do Estado, publicou no último sábado (20) no jornal O ECO o edital que definiu as regras para o sorteio das 33 casas em construção no distrito de Alfredo Guedes. No dia 22 de março aconteceu o agendamento de 77 famílias para fazer a inscrição e concorrer ao sorteio de uma das residências. As inscrições acontecem nesta quinta-feira (25), na Biblioteca Ramal de Alfredo Guedes, das 9h às 16h. Todos os inscritos de Alfredo Guedes que se enquadrarem nos critérios da CDHU participarão do sorteio público, ainda sem data definida. Será aceita apenas uma inscrição por família. Além dos moradores de Alfredo Guedes, na quinta-feira (25), serão atendidos os Suplentes selecionados para o empreendimento Lençóis Paulista-D (Ibaté), que foram convocados pela CDHU através de telegrama, para atualização de dados cadastrais.
As 33 casas estão sendo distribuídas segundos critérios da própria CDHU, ficando da seguinte forma: 17 moradias destinadas, exclusivamente, ao atendimento das famílias que residam ou trabalhem em Alfredo Guedes ou áreas rurais próximas; uma moradia destinada ao atendimento de família residente em ocupação irregular em prédio pertencente à ferrovia, no Distrito de Alfredo Guedes; duas moradias destinadas ao atendimento de famílias com pessoas com deficiências graves e/ou irreversíveis; uma moradia destinada ao atendimento de pessoa idosa; uma moradia destinada ao atendimento de policiais civis, policiais militares, agentes de segurança penitenciária e agentes de escolta e vigilância penitenciária, conforme previsto na legislação; e 12 moradias destinadas ao atendimento da Demanda Geral de Alfredo Guedes. As outras 16 casas serão destinas para os suplentes do Ibaté.
Procurado pelo jornal O ECO, o prefeito Anderson Prado de Lima (PSB), afirmou que em conversas com a CDHU conseguiu a aprovação do órgão para que, ao menos metade das casas fossem destinadas exclusivamente aos moradores de Alfredo Guedes, mudando o entendimento inicial do órgão que destinaria todas as 33 casas para a demanda geral. Ele disse ainda que outras 200 casas vão atender o público de Lençóis Paulista. 
“Enquanto prefeito busco atender os anseios da população e também seguir as obrigatoriedades da CDHU. Desde quando assumi, tenho lutado para finalizar essa questão das casas de Alfredo Guedes e também da região do Ibaté, que estavam paradas há quase oito anos. Além de resolver isso, também conseguimos assinar convênio para mais 200 casas populares que irão atender a demanda geral, para isso compramos uma área também na região do Ibaté com recurso do fundo de habitação. Estamos atendendo também aos pedidos da Associação Mãos Amigas, que luta por moradia, assim como começamos a resolver a questão das casas localizadas na área de risco de inundação. Vamos continuar trabalhando”, frisou o prefeito Anderson Prado de Lima.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia