publicidade
Estudantes se mobilizam no combate ao Aedes aegypti
Trabalho desenvolvido na escola Lina Bosi Canova é aberto à visitação da comunidade e outras escolas do município
Estudantes se mobilizam no combate ao Aedes aegypti
AÇÕES EDUCATIVAS - Na foto, visitação dos alunos do ensino fundamental da Cooperelp aos projetos da Escola Lina Bosi Canova (Foto: Flávia Placideli)
Alunos e professores do ensino fundamental da Escola Municipal Prof.ª Lina Bosi Canova, em Lençóis Paulista, se engajaram nesta semana na luta contra o mosquito Aedes aegypti. Desde a segunda-feira (25), a escola vem desenvolvendo ações contra a dengue, através de trabalhos informativos, peças de teatro e oficinas. O objetivo é capacitar os alunos por meio da conscientização e prevenção para que atuem diante da situação e combatam a proliferação dos insetos.
“Abrangendo todas as disciplinas, dividimos os professores e cada um tem foco em uma ação. Os alunos menores, por exemplo, estão fazendo trabalhos de desenhos, jogos lúdicos, enquanto que os alunos mais velhos estão produzindo histórias em quadrinhos, poesias, paródias e oficinas de produção de repelentes de inseto”, conta a coordenadora de projetos, Patrícia Sanches.
Todos os trabalhos foram produzidos por crianças de cinco a 13 anos, do 1º ao 9º anos, com base em palestras e ações educativas. Dentre as atividades desenvolvidas estão o mural informativo com trabalhos de histórias em quadrinhos, paródias, poesias e músicas. Os alunos também se apresentaram com peças teatrais no pátio da escola para outros alunos. Além disso, com a ajuda da disciplina de ciências, os alunos puderam aprender a como produzir um repelente caseiro. 
“Uma das propostas é a de socializar o aprendizado das crianças, que podem cumprir um papel importante no ambiente domiciliar ao conhecerem os riscos da doença e os cuidados que devem ser tomados em casa”, destaca a coordenadora.
A iniciativa também visa a conscientização da comunidade escolar sobre a importância no controle da dengue e o reforço na disseminação das informações sobre o Aedes aegypti, os focos potenciais do vetor, o ciclo de vida do mosquito, entre outros dados que possam ajudar na conscientização do papel de cada um, tanto em casa como na escola.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia