Servidores devem ter aumento de 6% nos salários
Descontando a inflação acumulada nos últimos 12 meses, aumento representa ganho real de 2,11%
Servidores devem ter aumento de 6% nos salários
DINHEIRO NO BOLSO - Reajuste de 6% representa ganho real de 2,11% para os servidores (Foto: Arquivo/O ECO)
O prefeito Anderson Prado de Lima (PSB) deve enviar ainda nesta semana à Câmara Municipal o projeto de lei que autoriza reajuste ao salário dos servidores públicos. A informação foi obtida na tarde dessa terça-feira (12) pela reportagem do Jornal O ECO e confirmada pelo próprio chefe do Executivo, que propõe aumento de 6% nos rendimentos do funcionalismo.
A proposta representa ganho real de 2,11%, considerando a inflação de 3,89% acumulada nos últimos 12 meses - de março de 2018 a fevereiro de 2019. A referência para o cálculo é o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que teve o resultado do mês passado (0,43%) divulgado na manhã de ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
“O reajuste vinha sendo estudado a partir da capacidade orçamentária do município, mas ainda estávamos aguardando a divulgação do IPCA de fevereiro, já que o cálculo é feito sobre a inflação acumulada nos 12 meses anteriores à data-base, que é março”, explica Júlio Antonio Gonçalves, secretário de Planejamento e Urbanismo, que acumula interinamente o cargo de secretário de Finanças, já que o titular da pasta, Adriano Carlos Paccola, está em férias.
Ainda segundo Gonçalves, com o reajuste, a folha de pagamento do funcionalismo, que atualmente é de R$ 6,8 milhões, deve ter impacto de cerca de R$ 410 mil mensais. Considerando os servidores alocados nas autarquias, a Prefeitura Municipal emprega 2,2 mil trabalhadores. O projeto deve entrar na pauta da Câmara Municipal na sessão da próxima segunda-feira (18). Se for aprovado pelos vereadores, o aumento passa a valer já a partir deste mês.
À reportagem, o prefeito Prado de Lima destaca que o reajuste acima da inflação mantém o compromisso assumido por ele durante à campanha eleitoral. “Estamos trabalhando pela valorização do servidor desde quando assumimos a Prefeitura. Vamos atingir um reajuste de 17,50% em três anos de governo (7% em 2017, 4,5% em 2018 e 6% em 2019), para uma inflação de 11,49% no mesmo período (4,76% em 2017, 2,84% em 2018 e 3,89% em 2019). Assumimos o compromisso de repor a defasagem inflacionária de 8,05% deixada pela gestão anterior e agora vamos atingir 6,01%. Só faltarão 2,04% para 2020 e é o que faremos, porque é o justo a fazer”, pontua.
Prado de Lima também revela que, além do reajuste salarial de 6%, a Prefeitura deve conceder aumento de R$ 10 no vale alimentação dos servidores. Implantado em 2017, no primeiro ano de sua gestão, o vale começou com valor de R$ 170, subiu para R$ 180 no ano passado e agora vai chegar a R$ 190. “O vale alimentação substituiu uma cesta básica de R$ 100 que era entregue até 2016. Com o valor de R$ 190 chegamos a um aumento de 90% em três anos”, reforça.
PRÊMIO POR MÉRITO
A Prefeitura Municipal também já definiu a data para o primeiro pagamento do prêmio por mérito por assiduidade no trabalho, reimplantado da Administração neste ano após decreto do Executivo. Segundo o prefeito, a partir do mês de maio, todos os servidores que tiverem avaliação positiva receberão um bônus em dinheiro em seus salários.
O prêmio, que será pago trimestralmente, é de R$ 100, podendo chegar a R$ 500 ao final do ano, já que os servidores que cumprirem com o objetivo nos quatro trimestres receberão um bônus extra de R$ 100. “O servidor público é o instrumento de trabalho mais importante de uma cidade, por isso, é justo e necessário que sejam respeitados e valorizados pela Administração”, relata Prado de Lima.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia