Estabelecimento é alvo de bandido no Centro de Lençóis Paulista
Duas pessoas foram presas pelos crimes de furto e receptação
Na manhã da segunda-feira (25), por volta das 11h, um estabelecimento comercial localizado no Centro de Lençóis Paulista foi alvo da ação de um bandido, que entrou no local, subtraiu um perfume e fugiu em sentido ignorado. A Polícia Militar realizou patrulhamento intensivo pela área central a fim de localizar o autor e acabou efetuando a prisão de dois homens, que foram autuados em flagrante pelos crimes de furto e receptação.
Segundo a ocorrência registrada na 5ª Cia da Polícia Militar, a funcionária de uma loja localizada na Rua Geraldo Pereira de Barros, no Centro, relatou que estava limpando as mercadorias, quando um indivíduo, já conhecido por sempre pedir dinheiro no local, entrou no estabelecimento, subtraiu um perfume e fugiu em rumo ignorado. Segundo a vítima, o produto custa R$ 314. Ela declarou ainda que o homem vestia calça preta e uma blusa jeans.
Diante da informação, uma equipe da Polícia Militar iniciou as buscas a fim de encontrar o suspeito do furto. Com apoio de câmeras de monitoramento, os policiais viram o autor entrando em uma empresa de mototáxi localizada na Avenida Vinte e Cinco de Janeiro. Em diligência ao local, a equipe abordou J.D.A.F., de 47 anos, que relatou aos policiais que estava no trabalho, quando um indivíduo entrou e lhe vendeu o perfume pelo valor de R$ 5.
Dada continuidade às buscas, no cruzamento da Avenida Vinte e Cinco de Janeiro com a Rua São Paulo, a equipe localizou E.N.S.M., de 31 anos. Durante a abordagem, o indivíduo afirmou ser usuário de crack e confessou o crime aos policiais, relatando que furtou o perfume para vender e comprar droga.
Diante do ocorrido, E.N.S.M. e J.D.A.F. foram conduzidos à Delegacia de Polícia, onde a autoridade de plantão, após tomar conhecimento dos fatos, ratificou a prisão em flagrante de ambos por furto e receptação, respectivamente, mantendo-os à disposição da Justiça.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia