Como reestabelecer a rotina de sono das crianças na volta às aulas?
Retomar gradualmente os hábitos pode ser uma boa maneira de evitar o sofrimento no final das férias
Como reestabelecer a rotina de sono das crianças na volta às aulas?
RELAÇÃO - Estudos apontam conexão entre o sono profundo e a eficiência da aprendizagem (Foto: Divulgação)
Durante as férias escolares é comum que os pequenos durmam em horários diferentes do que estão acostumados na rotina letiva. Por isso, a volta às aulas tende a ser um período conturbado em relação ao sono e, consequentemente, o rendimento da criança acaba sendo afetado com a fase de ajuste dos horários.
De acordo com a consultora do Sono, Renata Federighi, dormir bem é fundamental para reter as informações recém aprendidas. “Estudos apontam uma conexão entre o sono profundo e a eficiência da aprendizagem. É nessa fase que todo o conhecimento adquirido ao longo do dia é fixado na memória. Além disso, um bom descanso garante melhor desempenho, pois prepara o cérebro para novos estímulos”, explica.
Para que a rotina escolar se reestabeleça de forma mais tranquila e a aprendizagem não fique comprometida, a readaptação aos horários normais deve ser feita ainda no período de férias, de preferência uma semana antes do retorno às aulas. “Os pais podem, aos poucos, retomar os horários regulares de dormir e de acordar para que as crianças voltem à rotina mais facilmente. Dessa forma, evita-se que o pequeno sofra com qualquer problema no início das aulas”, completa a consultora.
Além disso, é indispensável que alguns hábitos sejam mantidos durante o recesso, como uma boa alimentação em refeições pré-estabelecidas e a prática de exercícios físicos, que auxilia no combate ao estresse, favorece a qualidade ao sono e, consequentemente, resulta na renovação das energias do corpo. “Outra dica importante é se atentar à postura das crianças, usar um travesseiro que ofereça conforto e sustentação para a cabeça e que alinhe a coluna. Além de manter o ambiente arejado e o mais silencioso e escuro possível pode ajudar a dormir melhor”, orienta.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia