Lençóis sobe posições e fica em primeiro na bacia Tietê-Jacaré
Evento de certificação aconteceu na última quinta-feira (20) em São Paulo
Lençóis sobe posições e fica em primeiro na bacia Tietê-Jacaré
RESPONSABILIDADE AMBIENTAL - Certificado foi recebido por prefeito Prado e membros das secretarias de Agricultura e Meio Ambiente, Educação e Saae
Lençóis Paulista conseguiu destaque novamente no ciclo 2018 do Programa Município VerdeAzul. Com a pontuação de 89,28 pontos em uma escala que varia de 0 a 100, a cidade ficou na 17ª posição no ranking ambiental paulista. Além de ficar entre os 20 melhores do estado de São Paulo, o município conquistou também o Prêmio “Franco Montoro” por ter sido o primeiro classificado dentre os 34 municípios da Bacia Hidrográfica Tietê-Jacaré.
O evento de certificação aconteceu na última quinta-feira (20), no Palácio dos Bandeirantes, na capital. A cidade foi representada pelo prefeito Anderson Prado de Lima, por membros das secretarias de Agricultura e Meio Ambiente, Educação e Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos).
“Esse é o segundo ano que participo do prêmio estando prefeito de Lençóis Paulista. E, assim como disse no ano passado, o mais importante é que dentre os 645 municípios paulistas avaliados pelo programa, Lençóis Paulista ficou entre os 69 certificados nesta edição. Claro que é ótimo saber que dentre esses 69, Lençóis ficou no 17º lugar e em primeiro dentro de nossa bacia hidrográfica. Aproveito esse momento para parabenizar o secretário Tupã (Claudemir Rocha Mio), o interlocutor do VerdeAzul de Lençóis, o Helton (Damascena), e também todos os servidores tanto da Secretaria do Meio Ambiente como também das demais secretarias, que também se envolvem com o projeto”, declarou o prefeito.
A cerimônia também contou com a presença do governador Márcio França (PSB), do secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Trani, do gerente da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), Carlos Roberto dos Santos, do coordenador do Programa Município VerdeAzul, José Walter Figueiredo Silva, da coordenadora estadual de Defesa Civil, Helena dos Santos Reis, do deputado estadual Itamar Borges e do diretor da Anamma (Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente), Rogério Menezes.
O Interlocutor do Programa Município VerdeAzul de Lençóis Paulista, Helton Damacena, também recebeu homenagem com mais 24 interlocutores mais antigos do PMVA. O governador Márcio França, mesmo com agenda lotada neste fim de ano, conseguiu um espaço para prestigiar o evento e discursou aos presentes já em clima de despedida, mas falando das ações efetivas de seu governo e parabenizando os municípios que conseguiram a certificação.
O resultado demonstrou um avanço considerável de Lençóis Paulista, da 29ª posição em 2017 para a 17ª em 2018. Porém, no ranking são apenas números e deve-se enfatizar o benefício das ações realizadas em prol do meio ambiente, sustentabilidade e qualidade de vida da população lençoense, sendo que as tarefas devem ter continuidade em 2019.
Representaram Lençóis Paulista no evento as coordenadoras de projetos da Secretaria de educação, Sabrina Amoedo dos Santos e Rosalina Souza Ferreira, a bióloga Milena Guirado Coneglian, do Saae, Marcelo Martins Oliva, da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Pedro Luiz Cavassuti, membro do Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) e membros da assessoria de comunicação da Prefeitura.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia