Sinal analógico será desligado a partir de hoje na região
Mudança atinge Lençóis Paulista, Pederneiras, Macatuba e Areiópolis
Sinal analógico será desligado a partir de hoje na região
É HOJE - Migração para sinal digital começa nesta quarta-feira (28); televisores sem conversor não receberão sinal (Foto: Divulgação)
O sinal analógico de televisão começa a ser desligado definitivamente nesta quarta-feira (28) em Lençóis Paulista e outras 394 cidades do estado de São Paulo, que passará a ser o primeiro com cobertura 100% digital no Brasil. Na região, a migração para a nova tecnologia será feita em outras 20 cidades, incluindo Pederneiras, Macatuba e Areiópolis, que também estão na área de cobertura do Jornal O ECO. Aparelhos mais antigos, que não contam com o sistema de conversão de sinal embutido, necessitam da instalação de conversor digital externo.
De acordo com a Seja Digital, instituição não-governamental sem fins lucrativos responsável pelo processo de migração em todo o país, a previsão inicial era de que o desligamento ocorresse integralmente nesta quarta-feira (28), mas o prazo foi estendido por solicitação do Grupo de Implantação da TV Digital (Gired) ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações. A decisão foi tomada após a divulgação do resultado de uma pesquisa realizada pelo Ibope, que constatou percentual de cobertura - residências preparadas para receber o sinal digital - abaixo do índice recomendado (90%) nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, que contabilizam 89% e 87% de cobertura, respectivamente.
“Ficou definido que o desligamento começa nesta quarta-feira (28) e segue de forma gradativa até o dia 12 de dezembro, que é a data limite. Mas é importante dizer que as emissoras que atuam em cada região devem seguir um cronograma de desligamento definido entre elas, que pode começar imediatamente. Então, as pessoas que eventualmente ainda não estiverem preparadas para receber o sinal digital já podem ficar sem televisão a partir de quinta-feira (29)”, explica Juliana Zannini, consultora da Seja Digital.
Ainda de acordo com a consultora, para garantir assistência a todas as pessoas que ainda não dispõem da tecnologia para receber o sinal digital, o trabalho realizado pela entidade continua até o final do prazo de desligamento. “Em todas as 395 cidades que contemplam esta etapa do desligamento no estado de São Paulo nossas equipes continuam com o trabalho de orientação e distribuição de kits, inclusive de porta a porta. O atendimento gratuito também segue sendo feito pelo site e por telefone, pelo número 147. É muito importante que as pessoas façam os agendamentos para a instalação dos kits gratuitos”, destaca.
Até o momento, já foram entregues 755 mil dos 880 mil kits gratuitos - com conversor, antena e controle remoto - destinados às famílias de baixa renda, atendidas por programas assistenciais dos governos Federal e Estadual. Para consultar se tem direito ao kit e fazer o agendamento da retirada e até mesmo da instalação dos equipamentos, o responsável pelo núcleo familiar pode ligar gratuitamente para o número 147 com NIS (Número de Identificação Social) em mãos ou acessar o portal sejadigital.com.br/kit.
Nesta etapa, além de Lençóis Paulista, Pederneiras, Macatuba e Areiópolis, o desligamento do sinal analógico ocorre em outras 17 cidades da região: Anhembi, Bariri, Barra Bonita, Bocaina, Bofete, Boracéia, Botucatu, Dois Córregos, Itapuí, Igaraçu do Tietê, Itajú, Itatinga, Jaú, Mineiros do Tietê, Pratânia, Pardinho e São Manuel. Em março, o sinal já havia sido desligado em Agudos, Borebi e outras sete cidades da região.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2019 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia