Polícia prende acusado de estupro em Lençóis
Indivíduo, que estava foragido da Justiça, estava escondido em um sítio
Polícia prende acusado de estupro em Lençóis
AÇÃO RÁPIDA - Polícia prendeu dois indivíduos procurados pela Justiça na última quarta-feira (31) (Foto: Arquivo/O ECO)
Na última quarta-feira (31), a equipe da Polícia Militar de Lençóis Paulista prendeu um indivíduo que estava foragido da Justiça. O homem, de 33 anos, encontrado em um sítio, responde por estupro de vulnerável e foi preso após ser levado à Delegacia de Polícia, de onde foi encaminhado para a Cadeia Pública de Barra Bonita.
Por volta das 14h30, a equipe da Polícia Militar, após tomar conhecimento sobre um mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável contra M.N.R., de 33 anos, passou a levantar informações a respeito, descobrindo que o foragido poderia estar escondido em um sítio. Os policiais se deslocaram até o local, na área rural do município, onde se depararam com o mesmo tentando fugir.
A equipe conseguiu detê-lo e, segundo informações contidas no Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Militar, M.N.R informou aos policiais que estava suspeitando que seria procurado pela Justiça após o registro do B.O. e com isso arrumou um emprego de pedreiro em um sítio, onde ficaria escondido por alguns dias, para depois fugir da cidade. 
Diante disso, o foragido foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para exame de corpo delito e posterior à isso foi apresentado à Delegacia de Polícia, onde permaneceu à disposição da Justiça para cumprimento da pena de 13 anos de reclusão. A informação obtida pela reportagem do Jornal O ECO é que o indiciado aguardava para ser encaminhado à Delegacia Pública de Barra Bonita. 
MAIS UM CASO
Na madrugada de quarta-feira (31), por volta das 2h, uma equipe da Polícia Militar, que realizava um patrulhamento de rotina pelo Jardim Primavera deteve mais um foragido da Justiça. P.S.P., de 41 anos, foi abordado após se portar de forma suspeita ao ver a viatura policial. Na abordagem, em revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado, porém ao consultar informações do Centro de Operações (Copom) foi constatado que havia um mandado de prisão por roubo contra o suspeito. Diante disso, P.S.P. foi encaminhado à Delegacia de Polícia, onde ficou detido.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia