Macatubenses conquistam troféus em festival na Argentina
Grupo ficou com o 3º lugar em duas coreografias no Festival de Dança do Mercosul
Macatubenses conquistam troféus em festival na Argentina
CONQUISTA - Orgulhoso, grupo de Macatuba voltou ao Brasil com uma medalha e um troféu (Foto: Divulgação)
Um grupo de dança de Macatuba conquistou dois terceiros lugares na 24º edição do Festival de Dança do Mercosul, um dos principais festivais de dança da América Latina, que acontece anualmente na cidade argentina de Puerto Iguazú, vizinha a Foz do Iguaçu, na fronteira com o Brasil. O evento foi realizado entre os dias 5 e 9 de setembro e reuniu dançarinos de todo o mundo. 
Os dançarinos Taynara Souza Gonçalves, Jeferson da Silva e Marcelo Augusto viajaram acompanhados da professora e coreógrafa Vivian da Matta, que destaca que além do troféu e da medalha conquistada o grupo voltou da Argentina com muito orgulho pelo reconhecimento recebido.
“Eles acharam nosso trabalho muito diferente, com estilo único. O resultado foi muito positivo. Agora é lutar para representar o Brasil no ano que vem de novo”, comenta a professora, que explica que as coreografias premiadas foram “Se não for você”, um duo contemporâneo avançado, e “Baila Comigo”, um duo de estilo livre avançado.
A vaga para o evento foi conquistada em outubro de 2017, quando o grupo se apresentou em um concurso de dança na cidade de Barra Bonita, que funcionava como uma seletiva para o festival. O fato inusitado é que, na ocasião, os dançarinos não foram escolhidos pelo júri, mas depois receberam o convite do diretor do concurso, que é um dos jurados do Festival de Dança do Mercosul.
Para conseguir viabilizar a viagem e realizar o sonho de se apresentar em outro país, ao lado de dançarinos de todo o mundo, o grupo vendeu rifas e buscou patrocínio em empresas de Macatuba. Os apoiadores foram a empresa Buckminster Química e também o Açougue do Saggin.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia