Churrasqueiro lençoense participa de reality show no SBT
Daniel Grandi, de 26 anos, é um dos integrantes da terceira temporada do “BBQ Brasil - Churrasco na Brasa”, que estreia hoje
Churrasqueiro lençoense participa de reality show no SBT
CHURRASQUEIRO Lençoense já participou de diversos eventos por todo o Brasil (Foto: Divulgação)
Estreia neste sábado (15), às 18h15, a terceira temporada do reality show “BBQ Brasil - Churrasco na Brasa”, do SBT, que nesta edição traz entre os competidores um churrasqueiro lençoense. Daniel Grandi, de 26 anos, integra o time de 14 participantes que entram na disputa pelo título de melhor churrasqueiro do Brasil, que vale um prêmio de R$ 50 mil. Muito confiante, ele diz que o incentivo para participar do programa veio de uma amiga. 
“Uma amiga me incentivou e acabei topando. Fiz a inscrição pelo site do SBT, depois respondi algumas perguntas por telefone. Posteriormente, fui convidado para uma entrevista pessoalmente, na emissora. Passei por uma prova de grelha na qual foram colocadas em teste as práticas na churrasqueira e assim fui selecionado para integrar o time do programa”, explica.  
O lençoense conta que descobriu a ‘arte de fazer churrasco’ na época da faculdade, quando, despretensiosamente, se inscreveu com um grupo de colegas para participar de um concurso de costela de fogo de chão, mas acabou ficando com a segunda colocação da competição. Após se formar em engenheira agronômica e sem conseguir emprego na área, usou o talento para o negócio para seguir profissionalmente na área.
“Surgiu um convite para um evento de churrasco da Frigol para trabalhar como voluntário. Foi quando eu agarrei a oportunidade e percebi que a área de gastronomia tinha tudo a ver comigo. Foi amor à primeira cocção, digamos assim”, brinca Grandi, que conta que após passar por uma depressão, a profissão de churrasqueiro apareceu em sua vida como uma salvação.
O jeito para a gastronomia já dava sinais mesmo antes de o lençoense decidir se dedicar à carreira. “Sempre fui apaixonado por cozinhar e preparar pratos, até que em certo momento, quando eu cursava engenharia, comecei a vender marmitas para o pessoal da faculdade. Foi quando começou a despertar um lado mais profissional da área em mim. Após me formar e ficar desempregado, comecei a me empenhar, fiz cursos e me aprofundei apenas na área da gastronomia”, explica.
Não demorou muito para que o churrasqueiro começasse a se destacar no trabalho em vários estados do Brasil, envolvendo fogo de chão, parrilla, varal de carnes e legumes, curanto e outras formas de churrasco. Ele diz que já perdeu a conta de quantos eventos já participou, praticamente em todos os finais de semana. Os mais conhecidos são o Beef Tour, Churrascada, Tropeiros, Beer Fast, Pantanal Steak, Bbquero, Mr. Moo, Brasa Quente, Nelore do Golias, Jack Daniel’s Brasil, entre outros.
Hoje, Grandi revela que se sente realizado, pois descobriu na profissão de churrasqueiro sua verdadeira paixão. “Me sinto mais do que realizado, para ser bem sincero. Em tão pouco tempo consegui conquistar muitas coisas profissionalmente. Quando nos encontramos profissionalmente tudo fica mais fácil”, ressalta o jovem, que já tem planos futuros na área.
O programa começa neste sábado (15) e o churrasqueiro conta que já tem torcida organizada desde o dia que publicou em seu perfil no Facebook o primeiro vídeo da temporada do BBQ Brasil. “Isso foi uma das coisas que me surpreenderam, assim que comecei a divulgar minha imagem relacionada ao programa comecei a receber muitas mensagens de apoio, de felicitações, só por ter conseguido entrar no programa, o que já é muito para mim”, destaca Grandi, que está muito confiante em relação a sua participação. 
“Quero me dedicar ao máximo na competição, mostrar o que sei fazer de melhor. Espero ir para vencer, não espero menos de mim. E sempre muito confiante, pois acredito que sem confiança não chegamos a lugar algum. Isso é o que me motiva a ir mais longe”, finaliza o churrasqueiro.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia