Chefe da Casa Civil adere frente por asfalto da SP-261
Secretário Aldo Rebelo assina termo de apoio e quer projeto técnico com levantamento dos custos de pavimentação
Chefe da Casa Civil adere frente por asfalto da SP-261
AUDIÊNCIA - Na foto, os presidentes Manezinho e Fábio Glaser e outras lideranças no gabinete do secretário Aldo Rebelo (Foto: Divulgação)
Secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Aldo Rebelo é mais uma força política de expressão nacional que se junta à frente parlamentar pela pavimentação da Rodovia Osni Mateus (SP-261). A informação vem do presidente da Câmara, vereador Manoel dos Santos Silva, o Manezinho (PSDB), idealizador da frente ao lado do presidente da Câmara de Águas de Santa Bárbara, Fábio Glaser (PTB).
“A frente parlamentar está ativa e trabalhando firme neste período de eleições. Esta semana tivemos reunião em São Paulo, na sede do Governo do Estado, para reforçar nossa luta. Eu e o Fábio Glaser, empresários, apoiadores e lideranças dos municípios da região estivemos no gabinete do secretário Aldo Rebelo para levar nossa reinvindicação. Fomos bem recebidos, ele abraçou a ideia e aderiu ao movimento assinando o termo de apoio à Frente Parlamentar pela Pavimentação da Rodovia Osni Matheus, SP-261”, comentou o vereador.
Manezinho e Glaser organizaram a audiência para pedir ao secretário-chefe da Casa Civil (o cargo mais importante no governo, depois do governador do Estado) a realização de projeto executivo que prevê os custos e os detalhes técnicos da obra. “Demos um passo fundamental nesta audiência. O secretário determinou à assessoria que estude o pedido de Lençóis, Águas de Santa Bárbara e de mais de vinte municípios da região. O projeto técnico é o ponto de partida para que a pavimentação do trecho remanescente da rodovia venha a se concretizar. Estamos otimistas”, finalizou.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia