Selecionado para festival na Argentina, grupo de dança busca apoio
Bailarinos de Macatuba irão participar da 24ª edição do Festival de Dança do Mercosul, na cidade de Puerto Iguazú
Selecionado para festival na Argentina, grupo de dança busca apoio
BAILA COMIGO - Grupo não ficou entre os primeiros colocados pelo jurado do concurso, mas chamou atenção e foi convidado (Foto: Divulgação)
Um grupo de dançarinos de Macatuba está se preparando para embarcar para a Argentina para participar da 24º edição do Festival de Dança do Mercosul, um dos principais festivais de dança da América Latina, que acontece anualmente na cidade de Puerto Iguazú, vizinha a Foz do Iguaçu, na fronteira com o Brasil. O evento, que neste ano acontece entre os dias 5 e 9 de setembro, deve reunir dançarinos de todo o mundo. 
Coordenados pela coreógrafa Vivian da Matta, os alunos Taynara Souza Gonçalves, Jeferson da Silva e Marcelo Augusto garantiram a vaga em outubro de 2017, quando se apresentaram em um concurso de dança na cidade de Barra Bonita. O fato inusitado é que na ocasião o grupo não foi um dos escolhidos pelo júri, mas recebeu uma ligação do diretor do concurso, um dos jurados do festival da Argentina, que fez o convite.
Com muito orgulho de terem sido reconhecidos pelo diretor do concurso, o grupo agarrou a oportunidade com unhas e dentes, segundo a professora e coreógrafa Vivian da Matta. “Eles acharam nosso trabalho muito diferente, com um estilo único, e, apesar de não termos sido reconhecidos pelos jurados, tivemos uma nova chance de realizarmos um sonho. Agora é lutar para representar o Brasil na Argentina”, comenta.
A coreografia que chamou atenção do diretor e que deu a vaga para o grupo foi “Se não for você”, um duo contemporâneo em que apresenta uma dança sensual e romântica ao mesmo tempo. Para o festival argentino, o grupo também irá se apresentar com a coreografia “Baila Comigo”, um duo de estilo livre que mistura jazz, street dance e ritmo latino, inspirado no filme “Street Dance - Dois mundos um sonho”, que conta a história de um grupo de bailarinos que tem por objetivo vencer um concurso de dança.
História que lembra e muito a trajetória desses três jovens - Taynara, Jeferson e Marcelo - e também da coreógrafa Vivian, que é ligada à dança desde a infância, tendo se apresentado em diversas cidades da região e também fora do país, como em 2015, quando participou de um festival em Porec, na Croácia, junto com a academia Corpus, de Lençóis Paulista. 
Dessa vez, a bailarina vai como coreógrafa e professora do grupo de sua academia formada há um ano e que já vem colhendo bons frutos com as apresentações. “Como bailarina, tive a oportunidade de conhecer novas técnicas e bailarinos talentosos, foi uma oportunidade ímpar na vida. Agora, como coreógrafa, a responsabilidade parece ser ainda maior e a expectativa também”, ressalta Vivian.
Para realizar o sonho de ir para a Argentina, o grupo busca patrocínio e também está vendendo rifas para juntar dinheiro. Quem tiver interesse em ajudá-los com os custos da viagem, a Academia Vivian da Matta funciona no Clube Esportivo e Cultural (CEC) de Macatuba.
“Esses convites ressaltam a qualidade, o talento e a dedicação dos bailarinos com a dança. Participar de festivais é acumular experiências pessoais e profissionais. Agradecemos a todos que de alguma forma já contribuíram para que essa viagem acontecesse e também pedimos que quem ainda puder nos ajudar que nos procure em nossa academia”, finaliza a coreógrafa.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia