CBH-TJ libera cerca de R$ 16,2 mi para municípios da região
Ao todo 18 cidades e duas instituições do estado foram contempladas
CBH-TJ libera cerca de R$ 16,2 mi para municípios da região
REUNIÃO - Encontro do Comitê da Bacia Hidrográfica - Tietê Jacaré ocorreu na última quarta-feira (20) em Pederneiras (Foto: Divulgação)
Na presidência do Comitê da Bacia Hidrográfica - Tietê Jacaré (CBH-TJ) desde o ano passado, o prefeito de Pederneiras, Vicente Minguili (MDB), realizou a 68ª reunião plenária na última quarta-feira (20), no Teatro Municipal Flávio Razuk, e deu uma boa notícia aos prefeitos e demais representantes presentes: a liberação de aproximadamente R$ 16,2 milhões para projetos de 18 cidades da região, além de duas instituições do estado de São Paulo.
O valor é referente ao quadro de distribuição de recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) - aproximadamente R$ 1,7 milhão - e da Cobrança pelo Uso da Água - aproximadamente R$ 14,5 milhões - e pode ser utilizado, segundo Minguili, em programas que visam dar melhores condições de vida e saúde para a população, considerando a necessidade de preservar, recuperar e melhorar os recursos hídricos da Bacia Hidrográfica do Tietê Jacaré.
Entre eles, programas de restauração florestal e matas ciliares, implantação e melhorias de redes de coleta e de estações de tratamento de esgotamento sanitário, gerenciamento de resíduos sólidos, drenagem de águas públicas, prevenção e controle de processos erosivos, entre outros.
Dezoito cidades da região foram contempladas para receber os recursos disponíveis: Araraquara, Bariri, Barra Bonita, Bauru, Boraceia, Borebi, Brotas, Dois Córregos, Gavião Peixoto, Iacanga, Ibitinga, Igaraçu do Tietê, Jaú, Lençóis Paulista, Macatuba, Nova Europa, Pederneiras e São Carlos, além de duas instituições do estado de São Paulo (Unesp e DAEE).
FATIA
A distribuição dos recursos ocorreu de acordo com os projetos apresentados. Segundo o CBH-TJ, o próximo passo é a avaliação dos projetos pelo agente técnico. Dentro do cronograma do Comitê, em março de 2019 está prevista a assinatura do contrato entre os contemplados com os recursos e o secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia