Profissão: jogador de videogame
Leonardo Oliveira fala da rotina de gamer profissional e dos títulos conquistados no jogo Counter-Strike
Profissão: jogador de videogame
NO TOPO - Após se tornar a melhor da América latina, equipe de Leonardo disputou o campeonato mundial em Dallas, nos EUA(Foto:SharkeSports/Divulgação)
Certamente muitas pessoas devem conhecer alguém apaixonado por jogos eletrônicos, mas, muito provavelmente, quase ninguém conheça alguém que exerça esta atividade profissionalmente. Sim, existem jogadores profissionais de videogame e, para os que desconhecem esta profissão cada vez mais comentada, vale dizer: Lençóis Paulista tem um representante neste mundo dos gamers. Leonardo de Oliveira Carlos, jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive”, que vem se destacando cada vez mais nos eSports (esportes eletrônicos).
Com 18 anos, Leonardo conta que a ligação com os games começou cedo, no início de sua infância. No começo o interesse era apenas pelos jogos educativos, para aprender a ler, formar e conhecer as palavras, mas não demorou muito para que o garoto começasse a frequentar as ‘lan houses’ da cidade para jogar games de verdade.
“Quando eu tinha cerca de três anos de idade, meu pai comprou um computador para mim e eu, movido pela curiosidade, comecei a mexer e a aprender mais sobre o mundo tecnológico. Assim nasceu minha paixão”, relata o jovem, que teve os primeiros contatos com o Counter-Strike quando tinha apenas sete anos de idade e já acumula 11 anos de experiência no jogo. 
Counter-Strike, abreviado pela sigla CS, pode ser traduzido para o português como contra-ataque. Basicamente, o jogo de estratégia consiste em rodadas nas quais as equipes se enfrentam com o objetivo de eliminar completamente os adversários.  Os times, compostos por cinco jogadores, se dividem entre policiais e terroristas que precisam cumprir objetivos diferentes enquanto combatem em diferentes cenários, de acordo com cada competição.
“Parece simples, mas na verdade é extremamente complexo. A partir do momento em que se começa um jogo, você tem que focar somente nele e esquecer o seu ambiente externo, pois você tem que se comunicar com seus companheiros sobre as estratégias durante a partida, sobre onde os inimigos podem estar e o principal, que é focar na sua mira, para matar os inimigos”, explica o jogador.
Conhecido no esporte como “leo_drunky”, o lençoense integra atualmente a Sharks eSports Team, uma equipe luso-brasileira de e-sports, pela qual no mês passado, em São Paulo, conquistou o título mais importante da carreira: o da ESL LA League, que definiu a melhor equipe da América Latina.
A final foi disputada contra a equipe Furia eSports, favorita da competição. O título, além de uma premiação de US$ 20 mil (cerca de R$ 75 mil), garantiu a vaga da equipe no campeonato mundial: a ESL Pro League Finals, que foi disputado no final do mês passado em Dallas, nos Estados Unidos.
“Vencer o campeonato me deu uma sensação de muita alegria e de dever cumprido. Depois de tantos meses de treino intenso, conseguimos colocar tudo em prática naquele momento e conquistamos o campeonato”, relembra o jogador, que mora atualmente em Lisboa, capital de Portugal, com seus quatro companheiros de equipe.
A rotina de jogador profissional de videogame não é fácil como pode parecer. Leonardo revela que os treinos são intensos, cerca de oito a nove horas por dia, todos os dias da semana, como em um trabalho ‘comum’. Depois de ter passado uma temporada no Brasil, competindo e revendo a família, ele retornou para Lisboa na semana passada, onde divide o período de treinamentos com os passeios pela cidade que aprendeu a amar tanto quanto os jogos. “Espero ficar muitos anos aqui, apesar da saudade da família”, finaliza.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia