Publicidade
Publicidade
Publicidade
Prefeitura de Macatuba inicia obras na Lauro Peraçoli
Construção de novo trevo fecha estrada Macatuba-Igaraçu por 90 dias
Prefeitura de Macatuba inicia obras na Lauro Peraçoli
INTERDITADA - Vicinal Lauro Peraçoli deve ficar interditada por 90 dias para obras (Foto: Divulgação)
A Prefeitura Municipal de Macatuba iniciou na semana passada as obras na vicinal Lauro Peraçoli, que liga Macatuba a Igaraçu do Tietê. Para a construção de um novo dispositivo de acesso, a rodovia foi interditada e os motoristas terão que usar um desvio por estradas de terra. Os trabalhos devem ser concluídos em 90 dias. Além do novo trevo, a Prefeitura de Macatuba vai fazer a limpeza e melhorias no acostamento, num total de 4,5 quilômetros.
O investimento total é de R$ 310,6 mil, sendo R$ 295,3 mil provenientes de recursos do Governo Federal, liberados por meio de emenda do deputado federal Milton Monti (PR). A contrapartida do município é de R$ 15,3 mil. A empresa vencedora da licitação para realizar o serviço foi a FortPav.
“O Miltinho conseguiu a liberação desta verba no apagar das luzes de 2016. No ano passado fizemos o projeto, assinamos o convênio, licitamos e ficamos esperando a liberação da verba. O primeiro depósito já foi feito e a ordem de serviço está dada. A Fortpav disse que começa a trabalhar esta semana”, disse o prefeito Marcos Olivatto (PR).
O principal objetivo da obra é o de tornar o trecho mais seguro já que a nova rotatória será do tipo não vazada, o que traz mais segurança para os motoristas. A pista de rolamento será alargada na confluência da Avenida Coronel Virgílio Rocha com a vicinal Lauro Peraçoli.
As obras incluem pavimentação, recapeamento asfáltico, demolição de pavimento existente, demolição e construção de guias e sarjetas em novo traçado, adequação de galerias pluviais, com instalação de bocas de lobo e inserção de tubulação para prolongar a galeria existente.
DESVIO
Por conta da extensão da obra e do tempo previsto que é de 90 dias, os motoristas que utilizam a estrada terão que utilizar os desvios. A orientação é para que os caminhões utilizem as rodovias Osni Matheus (SP-261) e Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294).
Para quem trafega pela Rodovia Osni Matheus, o desvio deve ser feito pelas estradas de terra MTB-369 e MTB-030 em trecho de 10 km. A saída estará sinalizada. Já para quem trafega entre Macatuba e Barra Bonita, o desvio indicado é pelas estradas de terra MTB-040 e MTB-030, com saída pela Rua João Batista Daré. O trajeto pelas estradas municipais não vai aumentar o trecho, mas é preciso respeitar o limite de velocidade e redobrar a atenção já que as estradas são de terra.
Se a opção for desviar pelas rodovias asfaltadas, para quem vem ou vai para o Norte e para Nordeste do estado de São Paulo, o trajeto é reduzido em 3,5 quilômetros com acréscimo de pedágio. Para quem vai para o Leste do estado, (Torrinha, Mineiros do Tietê e Dois Córregos) vai acrescer 19,6 quilômetros mais o pedágio.
“A obra vai gerar um transtorno imediato por conta da interdição, mas as melhorias são muito importantes para os moradores das chácaras localizadas naquele trecho, temos ali entrada e saída de veículos do Distrito Industrial e os motoristas passam em alta velocidade. É uma obra importante para Macatuba e região, lembrando que além do trevo, vamos fazer, com recursos próprios, a limpeza e melhorias no acostamento que hoje, em alguns pontos, o motorista não tem onde parar em casos de emergência”, finalizou o prefeito.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia