Publicidade
Publicidade
Publicidade
Russomano e Milton Monti são os federais mais votados em Lençóis
Pré-candidatos aparecem com 19% e 16% dos votos entre os lençoenses
Russomano e Milton Monti são os federais mais votados em Lençóis
BEM COTADOS - Celso Russomanno e Milton Monti são os preferidos do eleitor lençoense para deputado federal (Foto: Divulgação)
A Pesquisa Propagare/O ECO, que foi a campo entre os dias 12 e 15 de maio para saber o que o lençoense está pensando sobre as eleições de 2018, quis também saber em quem o eleitor local pretende votar para deputado federal em outubro deste ano. Para facilitar a escolha, os pesquisadores que fizeram o levantamento apresentaram um disco com os principais nomes dos deputados federais com trabalho político no município. O disco trouxe também o nome do único lençoense pré-candidato declarado a deputado federal, José Aparecido dos Santos (PRTB).
Entre os nomes apresentados, o jornalista Celso Russomano (PRB) foi quem obteve o melhor desempenho (19% dos votos), seguido pelos sempre bem votados em Lençóis Paulista e candidatos à reeleição, os deputados federais Milton Monti (PR), com 16%, e Arnaldo Jardim (PPS), com 6%. Entre os que buscam a eleição, o ex-prefeito de Bauru Rodrigo Agostinho (PSB) tem o melhor desempenho (7% dos votos). O lençoense José Aparecido dos Santos (PRTB) tem 1% das intenções de voto.
O levantamento ouviu 405 eleitores em suas residências, distribuídos proporcionalmente segundo cotas pré-definidas de sexo e faixa etária baseadas em informações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e regiões geográficas definidas a partir de dados disponibilizados pelo Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A margem de erro é de 4,9% para um coeficiente de confiança de 95%. Sob os números SP-03169/2018 e BR-03543/2018, a pesquisa foi registrada, feita e paga com recursos da empresa Propagare Digital Estratégias e Comunicação Social.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia