Jovem é esfaqueado por funcionário de estacionamento
Autor da agressão utilizou um canivete
Na madrugada do último sábado (5), um jovem foi esfaqueado com um canivete ao sair do Recinto de Exposições José Oliveira Prado. O autor da agressão é um funcionário que cuidava da saída dos veículos no estacionamento oficial da feira.
O caso foi registrado por volta das 3h, da madrugada de sexta-feira para sábado, quando uma equipe da Polícia Militar de Lençóis Paulista foi solicitada para atender a uma ocorrência de agressão. Ao chegar no local dos fatos, na Avenida Lázaro Brígido Dutra em frente ao recinto, P.A.Z., de 23 anos, já estava sendo socorrido pela equipe do resgate. 
O autor do crime que se encontrava pelo local, foi indagado pela equipe policial sobre o fato, alegando que fizera uso de um canivete para assustar seus agressores ferindo o jovem acidentalmente. 
W.S.C., de 34 anos, autor da agressão, alega que tudo começou quando vários rapazes começaram a chutar e arremessar alguns cones que estavam em frente ao estacionamento do recinto. Segundo sua versão, ele pediu que P.A.Z. colocasse o cone de volta onde havia retirado, mas que o jovem se recusou e passou a agredi-lo fisicamente com cabeçadas e socos com o apoio de outros quatro indivíduos.
O funcionário diz ter pegado o canivete que trazia no bolso para intimidar seus agressores, mas acabou tomando um soco no rosto e desequilibrando, e quando percebeu P.A.Z. já estava sangrando. O jovem foi conduzido até à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) aparentemente com ferimentos leves, dentre eles um corte no abdômen, onde ficou sob cuidados médicos. 
Nas redes sociais, a família da vítima deu outra versão dos fatos, relatando que a agressão não foi motivada por nenhum ato de vandalismo e que o rapaz “apenas teria pegado o cone por brincadeira” e que não teria agredido o segurança.
W.S.C. foi conduzido até a Delegacia de Polícia, onde foi ouvido pelo delegado de plantão e liberado após a elaboração do Boletim de Ocorrência. O canivete foi apreendido.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia