Voluntários lençoenses participam de missão humanitária
Grupo participa de ação que envolve profissionais de todo o país; destino é o Piauí
Voluntários lençoenses participam de missão humanitária
MISSÃO - Ação humanitária tem como destino a cidade de Alto Longá, no Piauí (Foto: Divulgação)
Neste sábado (3), oito voluntários lençoenses embarcam para uma missão humanitária na região Nordeste. O grupo pertencente à Igreja Presbiteriana Renovada do Ubirama, e tem como destino a cidade de Alto Longá, situada na região de Teresina, capital do Piauí.
Com cerca de 14 mil habitantes, a cidade piauiense, que fica a aproximadamente 2,6 mil quilômetros de Lençóis Paulista, tem um dos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixos do país (0,585), segundo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 
A missão, que faz parte da Cruzada de Evangelismo e Ação Social, é vinculada ao Projeto Compaixão, uma iniciativa que mobiliza voluntários de todo o país com o objetivo de promover a cidadania por meio de ações sociais que vão desde a distribuição de cestas básicas à oferta de diversos serviços gratuitos nas áreas jurídica, da saúde, beleza, entre outras.
Segundo o pastor Joezer da Silva, coordenador dos voluntários lençoenses, a missão, que deve reunir mais de 150 voluntários de diversas partes do país, deve se estender até o dia 11 de março, domingo. O grupo será formado por médicos, dentistas, advogados, cabeleireiros, manicures, entre outros profissionais liberais.
“Esperamos poder levar um pouco de esperança para essas pessoas que necessitam tanto. Ajudamos tanto a nossa cidade, porque não estender a mão a quem vive em uma região muito mais necessitada e carente”, destaca o pastor.
CAMPANHA
As pessoas que quiserem contribuir com a missão podem fazer a doação de qualquer quantia em dinheiro para ajudar na compra das cestas básicas que serão entregues às famílias atendidas. A meta é conseguir adquirir mais de 1 mil cestas, que, por questões de logística, devem ser compradas apenas no Piauí. Mais informações podem ser obtidas com o pastor Joezer, pelo telefone (14) 9 8111-9089.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia