Publicidade
Publicidade
Publicidade
Acilpa garante recurso de R$200 mil para Cooperativa de AgricultoreS
Lençóis está entre dois municípios contemplados na região
Acilpa garante recurso de R$200 mil para Cooperativa de AgricultoreS
ACILPA - Recurso de R$ 200 mil serão empregados em ações para a Cooperativa de Agricultura de Lençóis (Foto: Divulgação)
A Acilpa (Associação Comercial e Industrial de Lençóis Paulista) garantiu um recurso de R$ 200 mil para ser empregado em ações para a recém-formada Cooperativa de Agricultura de Lençóis Paulista (Cooalp). O dinheiro foi liberado por meio da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo) e Sebrae SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) por meio de um edital do programa Empreender Competitivo. Na R12, região administrativa da qual a Acilpa faz parte, apenas dois municípios foram contemplados. O segundo é Barra Bonita. 
O programa Empreender Competitivo é direcionado para núcleos setoriais que, em geral, tenham ao menos 18 meses de atuações. A ideia é impulsionar os grupos que já estão em fase de autossustentabilidade. As propostas foram avaliadas pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) e pelo Sebrae, incluindo os representantes. As propostas devem ser apresentadas pelas Associações Comerciais às quais os núcleos estão vinculados. As Associações que desejarem poderão apresentar as propostas por meio das Federações dos estados que, normalmente, possuem maior familiaridade com o assunto.
A Cooperativa de Agricultura de Lençóis Paulista é fruto de um trabalho que começou a ser realizado em julho de 2014. Trata-se do projeto Empreender da Facesp, que visa dar suporte a segmentos empresariais, com cursos e consultorias. Em Lençóis Paulista, a Acilpa formou três núcleos empresariais, um deles voltado à olericultura e ao trabalho com pequenos produtores. Desde o começo, o trabalho é acompanhado pela agente de desenvolvimento, Fabiana Cândido. A formalização da Cooperativa aconteceu em julho de 2017. Um dos objetivos iniciais da cooperativa é ampliar a atuação no mercado local, participando inclusive de licitações públicas.
O Empreender Competitivo é uma excelente oportunidade para os empreendedores que necessitam de apoio para desenvolver ações que melhorem a sua competitividade. Dentre essas ações estão consultoria para a melhoria dos processos, capacitação dos presidentes e funcionários, participação de visitas técnicas, certificações, participação em missões, marketing, estudo de mercado, entre outras.
“Ainda estamos definindo a aplicação dos recursos, mas uma parte deve ser utilizado para treinamento e aperfeiçoamento, e para que eles tenham condições de participar de feiras temáticas, por exemplo”, destacou Neno.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia