Publicidade
Publicidade
Publicidade
Agudos cria comissão para intensificar combate ao Aedes Aegypti
Membros se reunirão a cada dois meses para avaliar e planejar as ações
Agudos cria comissão para  intensificar combate ao Aedes Aegypti
COMBATE - Comissão planeja ações para a semana estadual de mobilização contra o Aedes (Foto: Divulgação)
O prefeito de Agudos, Altair Francisco Silva (PR), expediu decreto instituindo a “Sala de Situação de Arboviroses”, que dispõe sobre a nomeação de Comissão Intersetorial de Deliberação e Discussão Coletiva, com o objetivo de gerenciar e monitorar a intensificação das ações de mobilização e combate ao mosquito Aedes Aegypti, para o enfrentamento da Dengue, Chikungunya, Febre Amarela e Zyka Virus.
A criação da comissão segue diretriz do Ministério da Saúde que declarou como questão emergencial, o combate ao mosquito Aedes Aegypti, dentro do plano nacional de enfrentamento à Microcefalia. O decreto municipal também considera o cumprimento do plano estadual de combate às arboviroses (doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti).
Os membros da comissão municipal se reunirão a cada dois meses, para avaliar e planejar as ações, de prevenção, controle e contenção de riscos. Uma primeira reunião foi realizada para definir as atividades da Semana Estadual de Mobilização Social, para Controle do Aedes aegypti, no período de 4 a 8 de dezembro de 2017, com objetivo de promover um esforço concentrado e simultâneo para eliminação de criadouros do Aedes aegypti, em consonância com diretrizes nacionais.
Ficou definido que além do trabalho rotineiro de visitas domiciliares e entrega de folhetos com orientações, Agudos fará uma ação de impacto, com pedágio da saúde, no dia 08 de dezembro, no cruzamento da Avenida Sargento Andirás, com a Rua 13 de Maio, em frente à Estação Sorocabana, a partir das 14h.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia