Encantando e cantando
Isabella Carolina foi a vencedora do 1º Festival Em Canta Lençóis
Encantando e cantando
FESTIVAL - Isabela se apresentou com a canção “Como nossos pais”, de Elis Regina (Foto: Divulgação)
Diz o ditado que “quem canta, seus males espanta”. Pura verdade, pois cantar é um exercício que faz bem à alma de qualquer pessoa. Para os que nasceram com este dom, pode-se acrescentar que “quem canta, encanta”, afinal, coisa mais linda não há. Quem compareceu ao Teatro Municipal Adélia Lorenzetti na última terça-feira (21) entende bem tal afirmação, já que presenciou de perto o talento de muitos jovens cantores lençoenses, que participaram do 1º Festival Em Canta Lençóis, que integrou a programação do Festival do Livro.
A grande vencedora da noite foi Isabella Carolina Bernardino Luiz, que com apenas 16 anos mostra que já tem voz de ‘gente grande’. Estudante do 2º ano do ensino médio da Etec Cidade do Livro, a jovem cantora levou para casa um prêmio no valor de R$ 800, uma gravação de um single no Estúdio Gênesis e quatro aulas de canto no Conservatório Souza Lima, além, é claro, de muita experiência.
“Eu já havia participado de concursos musicais como no Joelp (Jogos Escolares de Lençóis Paulista), mas em um evento tão importante na cidade como esse, foi o primeiro. Fiquei muito emocionada por ter vencido. Todos mereciam, mas confesso que estava confiante”, comenta a campeã, que, apesar da desenvoltura, começou a cantar há apenas três anos.
Seu envolvimento com a música começou aos sete anos, primeiro com as aulas de musicalização, depois com o piano, mas foi aos 13, fazendo aulas de violão, que começou a cantar para acompanhar as músicas que tocava e descobriu que tinha talento. Levava tanto jeito para a coisa que os professores passaram a incentivar que ela se inscrevesse em concursos.
De lá para cá, participou de três edições do Joelp e terminou como vencedora em duas delas. No Em Canta Lençóis, a jovem se apresentou com a música “Como nossos pais”, composta por Belchior e interpretada originalmente por Elis Regina, um dos maiores clássicos da Música Popular Brasileira (MPB), que é um de seus gêneros preferidos.
Bastante elogiada por todos, ela conta que estava nervosa, mas que quando subiu ao palco tudo aconteceu naturalmente. “Durante a apresentação dá um friozinho na barriga, mas eu dei o meu melhor, assim como todos que estavam lá. Eu fiquei tão feliz junto com meus amigos, minha família e professores que me deram os parabéns pela conquista”, comenta.
Apesar de ter ganhado o festival, a jovem diz que não pensa em seguir carreira, mesmo gostando muito de cantar, pretende continuar se aprimorando nas aulas como hobby. “Meus professores Henry Galli e Marcos Maganha sempre me incentivam a continuar estudando e me dedicando a música. Eu amo cantar, mas ainda não decidi se é o que quero para minha vida profissional”, finaliza Isabela.
CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS DO FESTIVAL DO LIVRO
Hoje (25)
15h - Projeto Bairro Feliz (oficinas e brincadeiras)
16h - Peça “Flor de Maravilha” com o Grupo Faz & Conta
17h - Encontro Internacional de Bonecos (A Lenda das amendoeiras em flor)
18h - Lançamento do livro “Reverso Inclinado”, de Ézio Frezza Filho
19h - Palestra com o tema “Afeto” com Maída Novaes, dos Trovadores Urbanos (Palco Orígenes Lessa)
20h - Peça “Antônio da tua tão necessária poesia”, dirigida por Clarisse Abujamra (Auditório)
21h - Show com Rafael Castro (Palco Orígenes Lessa)
Amanhã (26)
15h - Projeto Bairro Feliz (oficinas e brincadeiras)
17h - Encontro Internacional de Bonecos (Blues dos Dinossauros Tristes)
18h - Lançamento do livro “Peteco, o grande campeão”, de Júlio Paes (livro inclusivo)
19h - Apresentação musical com o Grupo Revirando (foyer)
20h - Show com Família Lima (auditório)
21h30 - Show com Família Lima (auditório)
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2018 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia