Publicidade
Publicidade
Publicidade
Final do Desafio Faça Acontecer mobiliza mais de 500 jovens
Prêmio principal ficou com equipe da Cooperelp
Final do Desafio Faça Acontecer mobiliza mais de 500 jovens
OS VENCEDORES - Final do Desafio Faça acontecer reuniu participantes no Csec, na foto, todas as equipes premiadas (Foto: Divulgação)
Foram cinco meses de dedicação com mais de 140 jovens realizando ações na comunidade e buscando alternativas para solucionarem os problemas da comunidade e entorno. No dia 25 de outubro, os participantes do Desafio Faça Acontecer conheceram os ganhadores da terceira edição do concurso. A escola Cooperelp ganhou o prêmio Faça Acontecer 2017, com o projeto “Acessibilidade: um direito garantido”. Nos destaques Inovação, Visão de Mundo, Mobilização e Assunto Relevante os ganhadores foram: EMEF Profª Idalina Canova de Barros, com os projetos “A influência da rede social na adolescência: um Like pela vida” e “Eu sou você amanhã: construindo pontes entre gerações”; o Colégio Liceu Francisco Garrido, com o projeto “Até que a violência nos separe” e a Cooperelp com o projeto “Anorexia & Bulimia”. 
Promovido pelo Projeto Formação de Líderes com o patrocínio do Grupo Lwart, o “Desafio Faça Acontecer” é um concurso que mobiliza os jovens das escolas de Lençóis Paulista e região com o objetivo de os estimular a desenvolverem ações de mobilização social para a transformação da realidade local, motivando-os a mostrarem sua visão do mundo. Este ano foram inscritos 44 projetos de 16 escolas e, para a final, a comissão de jurados analisou 16 projetos finalistas. Cada projeto propôs uma solução para os problemas identificados pelos jovens.
A cerimônia de encerramento aconteceu no Ginásio Municipal de Esportes Archangelo Brega Primo (Csec), em Lençóis Paulista, e contou com mais de 500 pessoas, entre diretores, coordenadores e as torcidas das 11 escolas finalistas. O evento foi marcado pela animação e energia positiva dos jovens. A torcida mais animada, o que incluiu respeito aos demais participantes, ganhou brinde. Este ano, a maior animação ficou com a torcida do Colégio Liceu Francisco Garrido.
Para os jovens participantes, além do trabalho, o concurso foi um momento de grande aprendizado. “Eu não sabia trabalhar em equipe porque só queria que permanecesse a minha opinião. Fazer o projeto foi bem positivo e um aprendizado, pois aprendi a ouvir. Isso será algo que vou levar para a vida toda. Ouvir as demais opiniões permite crescimento”, disse Lívia Fernandes, capitã da equipe vencedora do destaque Visão de Mundo.
Para os organizadores do Desafio Faça Acontecer, o concurso é um meio para motivar outros jovens a se envolverem nas problemáticas que afetam a comunidade. “O envolvimento do jovem realizando as ações na comunidade e buscando soluções para os problemas ao seu entorno foi emocionante. Ver esses jovens nas ruas, escolas e se mobilizando em prol da comunidade mostra que é possível fazer a diferença”, reforçou Danieli Roza, coordenadora do Projeto Formação de Líderes.
Os vídeos produzidos pelas equipes participantes, com os resultados das ações desenvolvidas na comunidade, continuam disponíveis no site (desafiofacaacontecer.com.br) e também na página do Youtube.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia