Publicidade
Publicidade
Publicidade
Unidos por um sonho
Em plena preparação para a disputa dos Jogos Abertos, Adolfo Martini, relembra a conquista inédita nos Regionais
Unidos por um sonho
TRABALHO - Após título dos Regionais, equipe se prepara para a disputa dos Jogos Abertos (Foto: Divulgação)
Já se passaram quase três meses, mas a manhã agitada do dia 30 de julho dificilmente sairá da memória de muitos lençoenses, sobretudo dos que participaram - de dentro ou de fora das quadras - da conquista da medalha de ouro pela equipe masculina de futsal na 61ª edição dos Jogos Regionais, que neste ano foi realizada em Lençóis Paulista. Adolfo Martini, de 39 anos, técnico da equipe local, é um deles.
Ele lembra que não era um domingo comum, pois a cidade, que há 10 dias ‘respirava’ esporte, se despedia com entusiasmo da competição e torcia para a conquista de uma medalha inédita até então, visto que outros títulos já haviam sido conquistados na modalidade - inclusive por Martini, mas apenas nas vezes que Lençóis competiu na extinta segunda divisão.
No dia anterior, em um dos confrontos mais emocionantes dos Jogos, os lençoenses já tinham superado a forte equipe da FIB/Bauru, grande favorita ao título, com uma incrível vitória por 4 a 3. Não por acaso, o ginásio do Clube Esportivo Marimbondo (CEM) estava completamente lotado, com a torcida incentivando a equipe da casa e colocando pressão sobre os adversários de Dois Córregos, que haviam eliminado Borebi na outra semifinal.
Para deixar a decisão ainda mais emocionante, a equipe anfitriã chegou a estar perdendo por 3 a 1, mas conseguiu a recuperação e buscou o empate quando o cronômetro apontava menos de um minuto para o final da partida. Na disputa de pênaltis, com direito à defesa do goleiro Vaguinho, os lençoenses garantiram o título com uma vitória de 3 a 2, coroando com a medalha de ouro uma campanha absolutamente impecável, com seis vitórias em seis jogos.
“Entramos na competição com muita humildade, sempre respeitando nossos adversários e subindo degrau por degrau para chegar ao topo. Nos preparamos bastante para isso e treinamos muito forte a parte tática para chegar em condições de brigar pelo ouro, porque víamos esse título como um divisor de águas. Além do fator casa, que ajudou bastante, é preciso destacar a união e o comprometimento de cada um dos jogadores, que entenderam que era a hora de dar um passo maior se a gente quisesse buscar algo a mais para o futsal lençoense”, resume Martini, que também atribui a conquista a um longo trabalho desenvolvido nos últimos anos.
“Não podemos esquecer de tudo que vem sendo realizado há muito tempo. O Raul (Ramos) teve uma grande parcela nessa conquista, pois trabalhou por mais de 20 anos com o futsal. Eu apenas fui a cereja do bolo e tive a sorte de conseguir montar uma equipe muito técnica, mas muito unida, que acabou se tornando uma família na qual todos buscavam o mesmo objetivo, sem vaidades. Tudo isso foi fundamental”, completa o treinador, que agora está direcionando o foco para os Jogos Abertos do Interior.
Com o título conquistado nos Jogos Regionais, a equipe lençoense se classificou pela primeira vez para a disputa da primeira divisão da competição, que acontece entre os dias 15 e 25 de novembro, na cidade de São Bernardo, na Grande São Paulo. Os adversários serão Araraquara, Dracena, Indaiatuba, Jales, Mogi das Cruzes, Santos e Sorocaba, campeões das outras sete regiões esportivas do estado.
“Esta será a primeira vez que vamos participar da primeira divisão dos Jogos Abertos e sabemos que vamos enfrentar só equipes de ponta, com muitos profissionais. É uma competição muito difícil, então vamos com os pés no chão, sem traçar metas. Mas posso garantir que vamos com a mesma garra que nos levou ao título dos Jogos Regionais, que era nosso principal objetivo neste ano. Estamos em uma crescente muito boa e agora o maior desafio é conseguir manter o futsal de Lençóis em alto nível”, finaliza Martini, que tenta viabilizar patrocínios para a equipe local seguir em busca de bons resultados.
COMPROMETIMENTO
É preciso destacar a união e o comprometimento de cada um dos jogadores, que entenderam que era a hora de dar um passo maior se a gente quisesse buscar algo a mais para o futsal lençoense”
Adolfo Martini, técnico da equipe de futsal masculino de Lençóis Paulista
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia