Publicidade
Publicidade
Publicidade
Cidade das oportunidades
Atraído pelo potencial econômico, casal Perla e Sano Chermont deixou o Rio de Janeiro para se estabelecer em Lençóis
Cidade das oportunidades
EMPRESÁRIA - Perla Chermont veio para Lençóis e se transformou em uma empresária de sucesso - Foto: Flávia Placideli
Os cariocas Perla e Sano Queiroz Chermont chegaram a Lençóis Paulista atraídos pelo potencial econômico do interior do estado. Natural de Nova Friburgo, interior do Rio de Janeiro, o casal, que revendia lingeries na região e mantinha um depósito na cidade, decidiu se mudar de vez para cá e acabar com a rotina cansativa das viagens de mais de mil quilômetros que faziam quase que semanalmente.
Perla conta que foi um período de muito trabalho, mas não demorou até que o destino trouxesse novas perspectivas de vida. Em pouco tempo, o singelo depósito se transformou em uma sofisticada loja e hoje, depois de 14 anos, o local oferece uma grande variedade de produtos e mantém uma excelente clientela.
“Não há nada melhor do que mergulhar fora da sua zona de conforto para fazer você perceber que, independentemente de estar em sua cidade natal ou não, a vida vai acontecer do mesmo jeito, e muitas vezes melhorar”, ressalta a comerciante, que apesar da mudança, afirma que guarda muitos conhecimentos da época de revendedora.
Em Lençóis, a carioca acredita que amadureceu tanto em questões profissionais como pessoais, principalmente pelo fato da mudança repentina. “Acredito que morar em um mesmo lugar promove uma segurança que você não tem quando chega em uma cidade que não se conhece ninguém, como aconteceu com a gente. Já tínhamos os nossos clientes na cidade já, mas a relação não passava disso. Fomos construindo tudo, pouco a pouco”, conta Perla, hoje com 38 anos.
Olhando para o passado, a empresária lembra que a mudança foi difícil, mas ressalta que o fato de ter conhecido gente nova, pessoas com experiências de vida diferentes das suas forneceu uma visão mais ampla à sua vida. “Não há nada como se mudar ou viajar para perceber que, onde quer que esteja, você desenvolverá laços afetivos e passará a se preocupar com pessoas diferentes. E a parte boa é que elas também se preocupam com você”, explica.
Hoje, mesmo totalmente adaptado à nova cidade, o casal ainda guarda a saudade de tudo o que ficou no Rio de Janeiro. Por isso, sempre que podem os dois tiram um tempinho para rever os amigos, a família e os velhos cenários. “É algo indescritível para quem mora fora. Do cheirinho da comida à maneira como o clima impera naquela região, tudo tem um toque particular. Sempre que vou para lá, percebo que mesmo tendo construído a vida aqui, aquela cidade faz parte mim”, ressalta Perla, que apesar da forte ligação com a cidade-natal não pretende mais deixar Lençóis.
“Lençóis Paulista é uma cidade em pleno desenvolvimento, considero-a uma cidade de primeiro mundo. As pessoas aqui pensam e agem para as coisas acontecerem. A educação municipal aqui é muito boa, a saúde tem problemas, mas todo lugar tem, a diferença é que aqui o pessoal briga e luta por melhorias. Minha casa é aqui, não pretendo ir embora mais”, finaliza.
comentários 0 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para a matéria. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia