Publicidade
Publicidade
Publicidade
Fagulha Musical
por Cleiton Rolo, músico e designer gráfico
5 discos brasileiros de 1977
5 discos brasileiros de 1977
Numa era em que as matrizes dos discos de vinil estavam até gastas de tanto prensar, onde disco de ouro era mato, a vendagem em alta, a criatividade e os hits brasileiros bombando como nunca. Enquanto lá fora se fazia a era do punk, a rica indústria brasileira funcionava a todo vapor. Listo aqui apenas cinco dos discos que completam 40 anos de lançamento neste ano.
Bicho - Caetano Veloso
Álbum que mais parece uma compilação das melhores de toda a carreira, carrega clássicos como Tigresa, Odara e O Leãozinho. Um dos trabalhos que o próprio cantor mais gosta até hoje. Não é para menos.
Refavela - Gilberto Gil
O disco que faz parte da trilogia dos “Re”, juntamente com Refazenda e Realce, traz um paralelo traçado pelo artista entre Brasil e Nigéria, país onde participou do Festival de Arte e Música Negra. As nuances musicais diversificadas e a recolocação artística do negro no Brasil, são apenas alguns poucos aspectos do álbum.
Coração Selvagem - Belchior
Terceiro álbum do cantor e um dos melhores de sua carreira. O álbum traz clássicos como: Paralelas, Galos, Noites e Quintais, Todo Sujo de Batom, além da faixa título Coração Selvagem.
Caras & Bocas - Gal Costa
O álbum que foi considerado pela crítica da época como o mais maduro da intérprete musa do Tropicalismo até então, é particularmente existencialista e dono de um dos maiores repertórios possíveis. Entre as faixas estão Caras & Bocas, de Caetano e Maria Bethânia e Me Recuso, de Rita Lee.
Espelho Cristalino - Alceu Valença
Com um dos maiores discos de rock and roll já produzido no Brasil, Alceu sintetizou a música do sertão. É muita estética, tradição, poesia, experimentos e criatividade para se listar em poucos caracteres. Destaque para a faixa A Dança das Borboletas, feita em parceria com Zé Ramalho.
Dedico esse artigo ao amigo Nivaldo Bispo, um dos maiores entusiastas da música brasileira, agitador cultural e agricultor de roça urbana.
Curta um som e nos vemos por ai!
Siga o Cleiton nas redes sociais:
Facebook: cleiton.rolo
Instagram: cleitonrolo
Twitter: @cleitonrolo
comentários Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Ainda não há nenhum comentário para o Artigo. Seja o primeiro!
Publicidade
Publicidade

Todos os direitos reservados © Jornal O ECO 2017 - oeco@jornaloeco.com.br - telefone central: (14) 3269-3311

desenvolvido por Natus Tecnologia